Notícia

Abismos - Capítulo 1

Publiquei faz um tempo o primeiro capítulo dos quadrinhos que venho trabalhando. Boa parte de 2015 foi dedicada a esse capítulo, espero lançar mais em breve em 2016.

Abismos - Um conto visual

 

Republique – Lista de funcionários do Senado que estão processando o Congresso em Foco

Abaixo segue a lista dos 43 servidores do Senado que ganharam acima do teto em Agosto de 2009 – e que, por orientação do Sindilegis, estão processando o Congresso em Foco por publicizar esses dados, em 43 ações públicas idênticas, somando um pedido de mais de R$1 milhão em indenizações.

Se você também acredita que a transparência das questões públicas é importante, mostre isso pro Judiciário (que vai julgar as ações em 2012). Apoie a decisão do Congresso em Foco, e republique a lista no seu site.

de casa nova

Depois de muita correria e apreensão, estou de casa nova, nova fase de vida. Muita coisa mudou de sopetão, formatura, emprego novo... Assim a gente inevitavelmente acaba sendo levado pela enxurrada. Melhor esperar ela passar do que gastar todas as energias em vão lutando contra. Quase tudo está definido agora, não resta mais muito trabalho. Pretendo portanto retomar minha atividade escrita, à que se propõe esse espaço - que já fez 4 anos!, assim aos poucos mesmo.

Pensamentos ruminados.

Escrito em 13/04:

Talvez eu tenha me tornado muito consciente. Talvez nem tanto. Não acho que ignorância é tanto uma bênção, mas que ajuda a viver mais tranquilo, isso com certeza é. Será que viver no mundo de hoje é saber ser forte pra fingir que não estamos de cabeça pra baixo, que é só nosso cabelo que anda meio rebelde, em pé? Não devo ser o único que acorda todo dia me perguntando: "Não é possível que eu tenho que acordar e mais uma vez me submeter a essa lógica sem sentido."? O pior não é isso, o pior é não ter perspectiva de reagir. Eu até penso em plano mirabolantes, idéias fantásticas. Mas estou cético de mim, nem eu dou crédito pra mim mesmo, me chamo de escapista e volto à mediocridade. É forte demais admitir isso, não é? Mas é mais forte aquilo que me segura até mesmo de publicar isso aqui, porque me comprometo demais. É mais forte aquilo que me impede de tomar uma atitude, uma mudança de rumo perante um confronto com verdades importantes.

De volta à Ciudad

Tenho tido estado ausente um pouco da escrita, principalmente neste espaço. São tantos novos pensamentos, idéias que me desafiam à deixar tudo para trás, à colocar pontos finais, à apagar tudo e recomeçar. São tantas descontruções seguidas de lentas, mas firmes e singelas resconstruções. Temo que o processo nunca termine, portanto não vou esperar que termine para traduzir um pouco dele em palavras.

Vote mesmo assim!

VoteMesmoAssim!
#votemesmoassim

A Ciudad de cara nova

Estamos atrasados. Foi uma correria, e a ciudad ainda não está na verdade de cara nova. Não como pretendo que ela esteja. Mas por enquanto a mudança de lugar e os novos ares prometem um retorno às atividades normais. Aguardem os novos posts!

Abraços à todos!

Hein?

Existe uma teoria, bastante aceita e apoiada no meio acadêmico, de que eu arrumo alguma coisa para postar e não deixar nenhum mês em branco. Essa mesma teoria discorre à respeito do conteúdo muitas vezes ser "arranjado" e um tanto fraco.

Um dia pelo Rio

Mochila nas costas, poucas provisões, ânimo, um clima agradável (não muito quente) e algum dinheiro... Chegamos à Rodoviária do Novo Rio (ironicamente chamada por alguns de Velho Rio) às 5:30 da manhã, e deu-se início à nossa rápida aventura pela cidade do samba, dos morros, das praias e de muita história pra contar.

Divulgar conteúdo